bigstockphoto

Dicas para uma criação saudável

Olá, psóilas!

Como estão criando? Muito? Demais? “Não aguento mais criar”??
Nossa! rs
.
Hoje quero trazer dicas-icas de uma criação saudável-ável, que ofereça-reça uma qualidade dividi.
rs. (Desde o fatídico dia em que vi Ruth Lemos, nunca mais a esqueci. Tudo que ela falou tornou-se bordão para mim e meus amigos, hahahaha) – se não entendeu, clique no nome dela.
.
Bem, para começar, … hmm… espera! Melhor começar por uma pergunta. Como você normalmente idealiza uma história? Entendo que há quem primeiro pense nos personagens e depois passe para o mundo que ele habita. Eu faço o contrário. (qse) Sempre imagino um lugar, prédio, planeta, dimensão, para depois povoá-lo.
Mas… comecemos pelos personagens, ok?
.
VALE RESSALTAR, pedindo logo desculpas, QUE A MAIORIA DO QUE INDICAREI ESTÁ EM INGLÊS SEM A POSSIBILIDADE DE LEGENDAS. INFELIZMENTE OS MELHORES CONTEÚDOS SÃO MAIS FACILMENTE ENCONTRADOS NESSE IDIOMA. Então, a primeira dica seria: APRENDA INGLÊS.
.
.
PERSONAGENS
.
Dica #01 – Ficha de personagem (inglês) – Com essa ficha você descasca o sujeito de todas as formas. Até tentei adicionar algumas coisas, julgando-a incompleta, mas a verdade é que está tudo lá. E acredite quando digo que mesmo as menores coisas acabam por influenciar no comportamento e forma de falar de seu personagem.
.
.
Dica #03 – Vá na ferramenta de busca de sua preferência e procure por imagens de PEOPLE, PERSON, PESSOA. Se você já tem um personagem em mente, cate a foto de alguém que se encaixa na descrição dele(a). Muitas vezes não temos uma imagem completa de como ele(a) é e, com essa foto, garanto que descobrirá bem mais. Imagine quem ele(a) é, olhe sua expressão, seus olhos, sua boca, imagine suas dores e alegrias. Como foi sua infância, no que trabalha, qual o tipo de relacionamento que tem com a família, com os amigos.
.
.
LINGUAGEM – infelizmente é muito difícil encontrar vídeos e/ou textos sobre o assunto em português. Sinto como se o assunto ainda não fosse  um bem comum e, quem detém o conhecimento ainda o vê como um tesouro a ser guardado, dando-lhe vantagem sobre os concorrentes. E vídeos em outros idiomas, sobre linguagem nesses mesmos idiomas não seria de grande valia para nós.
.
Dica #04 James Geary, falando metaforicamente. (com legendas)
Aliás, sugiro darem uma olhada em tudo que puderem no site do TED.
.
.
ESTRUTURA – Mais uma vez, as melhores opções de vídeos que encontrei sobre o assunto estão em inglês. Abaixo coloco apenas uma dessas opções. Busque outras, o youtube está cheio delas. Umas mais engraçadas, outras mais chatinhas.
.
Dica #05 Dan Wells on Story Structure (SEM legendas)
.
Dica #06 Aqui vão alguns livros interessantes. Em português não se tem nada aprofundado (que eu conheça), diferente dos brutamontes em inglês. Os links são meras sugestões, não indicações de onde DEVEM comprar.
.
Português
.
.
Inglês
.
Os livros em português trazem dicas interessantes para o iniciante e, talvez, para os mais avançados, mas quando comparo 120 páginas de um deles com 450 do “The Complete Handbook of Novel Writing” – por exemplo – e noto a profundidade e especificidade com que eles lá fora tratam do assunto… fico a pensar se não temos know-how para produzirmos esse tipo de conhecimento . Os livros em inglês chegam a abordar gramática e estruturas frasais mais adequadas e/ou utilizadas em certos gêneros. Claro, nenhum deles nos diz que é ASSIM que se deve fazer, mas que ESTA é uma das melhores formas para algo específico.
Nonetheless, foi com livros como “O Sucesso de Escrever” que comecei a viajar mais pelo assunto. Não tinha noção do que era escrever ainda e nem sabia por onde começar. Infelizmente o autor já faleceu e, na época, comprei diretamente dele após um rápido papo em uma das várias comunidades sobre o assunto no Orkut. Outro que ajudou bastante foi o “Técnicas para Escrever Ficção”.
.
.
INGREDIENTES
.
Dica #07
Andrew Stanton: As pistas para uma grande história (com legendas)
.
A Caixa Misteriosa de J. J. Abrams (com legendas)
.
.
SUGESTÃO
Dica #08 ÓTIMOS vídeos complementares. ASSISTAM!
.
Chimamanda Adichie: o perigo de uma única história. (com legendas)
.
Elif Shafak: a política da Ficção (com legendas)
.
.
E já está na hora do almoço… obrigado pela visita e fiquem com um vídeo bem inspirador. E não se esqueçam de compartilhar outras dicas e de deixar nos comentários o que achou dessas. Ok?
.
.
.
.
Abraços
C. R. Gondim
..
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s