Rápido Update

Bom dia, pessoas!

Como estamos? Escrevendo muito?

Estou aqui de volta para reportar o avanço de minhas atividades. Para quem não sabe, tenho feito Coaching com o James (McSill) que tem sido uma experiência fantástica. Olha, alguns perguntam logo quanto cu$ta esse “tal de coaching”, e minha resposta não poderia deixar de vir na forma de outra pergunta: quanto vale o seu sonho? Não estou querendo dizer com isso que é caro e que você deveria pagar quanto fosse para realizar seu sonho, mas o Coaching e todos os “serviços agregados” (contatos, conhecendo gente interessante, eventos, etc) com certeza valem o que pedem. Quer saber mais? Entre em contato com eles da McSill.

Imagino que nossa primeira sessão tenha sido no dia 6 de fevereiro de 2012 e de lá para cá, quase toda semana tivemos sessões, nas quais conversamos, discutimos, estruturamos e aprendemos um pouco mais sobre meu livro. Isso foi quase esquizofrênico, mas acredito que quem ensina, aprende.

Hoje, dia 6 de setembro de 2012, já tenho, escritas, quarenta cenas, mas já mais de setenta estruturadas. Muito? Pouco? Não sei ainda. Estou descobrindo meu ritmo agora. Já foram quarenta e três mil, novecentas e oitenta e nove palavras ao todo e, acredito estar chegando ao meio do livro, rs.

E você deve se perguntar o que se aprende num Coaching desses. “Ele fica na cam na frente de uma lousa ensinando como escrever?” Não, não é assim. Ele começa entendendo como é seu processo de escrita, se já tiver um que siga, e vai lhe dando toques de como melhor abordar isso. Antes eu tentava escrever como se seguisse estruturas de capítulos que eu mesmo criava, sem nenhum conhecimento de técnicas e ele me introduziu à estrutura de cenas. Super simples e na internet está cheio de blogs e sites falando disso. Acho que, em pouco tempo, já tinha pegado o jeito e já estava andando sem as rodinhas.

No curso de sua escrita, você vai enviado suas cenas para o James, que lê antes das sessões, e, durante o encontro, vai ajeitando a casa com você. Quero dizer, ele não diz quais móveis quer na sua casa, mas certamente quem tem maior conhecimento de design de interiores é ele, não eu.

Umas das coisas que mais me pego errando é a sequência lógica das coisas. Eu erro e não me toco, mas quando leio a cena com o James, o erro salta na minha cara, rindo de mim. Sequências como “ele entrou logo que abriu a porta” ou “ela sorriu ao vê-lo passar”. O que aconteceu primeiro? Ele entrar ou a porta abrir? Ela sorrir ou ela vê-lo passar? Parece uma coisa boba, mas com o tempo isso passou a fazer um sentido enorme. Melhora até o ritmo e fluidez do texto.

Outra coisa que me pego fazendo é sendo redundante. Acho que, se você não está escrevendo uma estória fantástica onde pessoas leem pensamentos ou algo similar, dizer coisas como “ele pensou consigo mesmo” chega a ser um absurdo. Até algo mais banal como, um personagem sozinho e você diz “ele coçou seus olhos”. Seus? Mesmo? De quem mais seriam? Entende? Não sei como os profissionais do ramo chamam isso, mas eu chamo de LIMPAR O TEXTO. Tirar palavras desnecessárias e ajeitar a casa. Isso cria um texto claro, sem rodeios ou passagens confusas.

E enquanto continuo meu caminho, me deparo com algo super desafiador. James, e sua agência, foi chamado para ser Parceiro na Brit Writers Awards, com a condição de que dariam algum destaque para o Brasil na cerimônia. Com isso, ele pediu aos seus escritores, me included, um vídeo de 15 segundos, em inglês, promovendo-se, ao Brasil e sua escrita. OMG! O texto eu já consegui definir, só preciso praticar porque tem parecido um trava-língua. rs. Ah, não entendeu que vídeo é esse? Em torno de 20 escritores terão 5min de vídeo para promover a si e ao Brasil em rede nacional britânica durante o evento de premiação. Entendeu agora?

#tenso

É pra segunda, dia 10/09.

Então, é isso. Esse foi só um rápido update. Ainda estou devendo terminar duas entrevistas com os escritores/colegas/amigos/twitteiros @nanuka_andrade e @tatiana_mareto e quero dizer aqui, para todos lerem, que as terminarei em breve. Deixem só as coisas afrouxarem um pouco que volto pra elas. Enquanto isso, tem a da Super Kyanja AQUI!

Abraço a todos e até mais!

Zaijian!

ps: fiz todos os meus links legaizinhos como sempre faço e clique em reload sem querer. Deu preguiça fazer tudo de novo, rs.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s